• Autor Phillipe Sands
  • Ilustrador
  • Coleção História
  • ISBN 9789896684839
  • PVP 27,69 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de agosto de 2020
  • 1ª Edição março de 2019
  • Edição atual 1.ª
  • Páginas 528
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150x230x38 mm
  • Idade

 «Um livro extraordinário: profundamente pessoal, narrado com devoção, fúria e precisão.» - John Le Carré

Numa cidade hoje pouco conhecida, mas que foi um importante centro cultural da Europa de Leste, «a pequena Paris da Ucrânia», a um tempo chamada de Lemberg, Lwów, Lvov ou Lviv, consoante a potência ocupadora, uma estrada percorria-a de leste a oeste. Ao longo dessa estrada, em momentos diferentes, moraram três homens: Leon Buchholz, avô do autor, Hersch Lauterpacht, que viria a cunhar a expressão «crimes contra a humanidade», e Rafael Lemkin, que criaria o conceito de «genocídio», apresentados pela primeira vez nos julgamentos de Nuremberga.

Este livro narra a evolução pessoal e intelectual de Lauterpacht e Lemkin, ambos estudantes de Direito na Universidade de Lviv, cada um dos quais considerado o pai do moderno Direito Internacional, ambos presentes em Nuremberga, alheios ao facto de que o homem que julgam - Hans Frank, governador-geral da Polónia ocupada - pode ter sido o responsável pelo assassínio da quase totalidade das suas famílias. Mas este livro é também a memória de uma família, com o autor a traçar a história do seu avô - uma vida envolta em segredos, com muitas perguntas e poucas ou nenhumas respostas - e da sua fuga pela Europa em face das atrocidades nazis.

Estrada Leste-Oeste é um livro que mostra que nem tudo foi dito sobre a Segunda Guerra Mundial. Uma meditação sobre a barbárie, a culpa e o desejo de justiça. Raramente se justifica aplicar a qualificação de indispensável a um livro, mas este é esse livro.

«Nenhum romance se pode equiparar à realidade.» - Antony Beevor

Phillipe Sands é um dos advogados de Direitos Humanos mais respeitados do Reino Unido, tendo estado envolvido nos principais processos dos últimos anos: de Augusto Pinochet, passando pela Bósnia, o Iraque e outras contendas internacionais.

Autor de vários ensaios jurídicos, o convite que recebeu para fazer uma conferência em Lviv – uma cidade ucraniana que foi polaca e antes disso austro-húngara –, mudou a sua vida. Foi lá que nasceu o seu avô, mas também os dois fundadores do Direito Internacional, os juristas que criaram os conceitos de «Crimes contra a Humanidade» e de «Genocídio».

Philippe Sands é professor de Direito no University College London, comentador frequente na CNN e BBC World Service, e contribui regularmente com artigos para o Financial Times, The Guardian, The New York Review of Books e Vanity Fair. Em 2003, foi nomeado conselheiro da rainha Isabel II, para a aconselhar em questões de Direito Internacional.

Estrada Leste-Oeste venceu o British Book Award para não ficção em 2017, assim como o Prémio Literário JQ-Wingate e a medalha de Prosa do Hay Festival.