• Autor Marta Cruz
  • Ilustrador
  • Coleção Atualidades
  • ISBN 9789896681371
  • PVP 14,39 € (IVA incluído)
  • preço livre
  • 1ª Edição novembro de 2011
  • Edição atual
  • Páginas 224, a uma cor
  • Apresentação Capa mole
  • Dimensões 150x 230x 14 mm
  • Idade

Um livro onde é tornado público o sofrimento vivido ao longo destes oito anos pelas pessoas ligadas a Carlos Cruz, pelo simples facto de fazerem parte da sua vida e de nunca terem deixado de acreditar na sua inocência.

A Casa Pia viu destruída uma imagem enraizada desde 1780. Aqueles que foram considerados suspeitos de pedofilia nunca mais refizeram as suas vidas. As alegadas vítimas procuraram um recomeço, dentro ou fora do país. Mas nenhuma destas pessoas voltou a ser a mesma - e todas elas têm família e amigos que sofreram com o que estava a acontecer. Neste livro pretende-se tornar público o sofrimento vivido ao longo destes anos pelas pessoas ligadas a Carlos Cruz, um dos principais arguidos do processo Casa Pia, pelo simples facto de fazerem parte da sua vida e de nunca terem deixado de acreditar na sua inocência.

«(Esta) obra é um quadro pintado com cores fortes, verdadeiras, sem meias-tintas, onde se lê, em cada pincelada, uma emoção, um sentimento, um manual de valores de um conjunto de personagens vivas, sérias, lutadoras, conscientes, intocáveis pela mentira, incorruptíveis pela propaganda. E isso transforma este livro num exemplo. [...]
Este não é um livro de ficção. As personagens são pessoas reais. Exprimem sentimentos reais. Revelam emoções reais. Essa é uma das suas riquezas. E aqui ficam escritas, arquivadas, as palavras, filhas do que é sentido e humano, para uma verdadeira memória futura, que bem necessária será um dia.» in prefácio de Carlos Cruz

Marta Cruz é uma figura bem conhecida no meio social português, habitual nas revistas de sociedade, e muito querida pelo público em geral.